Minha gravidez

3

Oi meninas... como estão?


Agora posso dizer que estou um pouco melhor...


Fui a obstetra na semana passada com as dores que relatei sentir no ultimo post.


E com de praxe ela me pediu um ultrassom e outro exame de urina, segundo ela poderiam ser 3 motivos que estariam causando as dores: o peso da neném em cima da bexiga, infecção urinária e pedra na bexiga, o mais grave o ultimo que só pode ser tratado apos o parto.


Fiz os exames e não estou mais com infecção nem pedra na bexiga. 
Ela me questionou de eu havia feito algum esforço a resposta: limpei casa na sexta, lavei roupa no sábado e domingo ajudei a minha mãe a limpar a casa dela e na segunda travei.
Levei uma bela de uma bronca. Mandou ficar de repouso e que não fizesse esforço.


Estou seguindo a risca o pedido dela, mudei pra casa da minha mãe, a minha eu só visito, como estou de atestado, estou aproveitando pra colocar tudo em dia, estou bordando a mil por hora, mas quando o cansaço bate eu deito pra relaxar, ainda sinto muita dor nas costas e inchaço nas pernas e mãos.


Fiz um ultrassom morfológico, em que se mede o tamanho e como esta o crescimento dos ossos do bebê.
A Alyssa está linda e pelo jeito será a cara do Kauã. No meu quinto mês de gravidez ela apresenta 700g e 30 cm de comprimento. Ela me chuta o dia inteiro, dá cambalhotas, não me deixa dormir do lado que eu gosto, fica só de um lado da barriga, ai parece que a barriga está torta.


Bem meninas é isso


fiquem com deus


bjusss

3 comentários:

Alessandra disse...

OI Cintia, que bom que vc esta melhor, faça o repouso direitinho pra filhota chegar no momento certo...não deixe de dar noticias ok...

Bjus..fique com Deus!!!

Clau Arts disse...

Olá Cíntia!!!

Que bom saber que você está melhor!!!

Que Deus esteja com vocês!!!

Beijinhos
Cláudia

Marlene Pires disse...

Oi Cintia que noticia boa essa. Faça o repouso direitinho mesmo tá!!! E a princesa desde o ventre já sabe escolher o que quer não é mesmo...crianças!!!
Que Deus abençoe vc e a Alyssa.
bjos e fique com Deus,
Marlene