Páginas da vida...

5

É engraçado como a vida da gente se entrelaça com a vida de outras pessoas.
Passar por momentos de dores e alegrias acredito que é parte da vida de qualquer pessoa, mas é ruim quando alguém te julga e te critica sem saber o que realmente está acontecendo.
Eu passei por uma longa depressão pós parto, que começou quando o Kauã tinha entre 4 e 5 meses. Eu não queria ficar em casa, preferia andar na rua a esmo, quando ficava em casa me trancava que não queria ver a a luz do sol e lógico pensando em fazer loucuras.
Quando percebi que não era normal, pedi ajuda a outras pessoas e ouvi de algumas que isso era frescura, não era coisa de gente normal, quem poderia me ajudar me deu uma crítica sem saber como eu estava por dentro.
Resolvi procurar um médico e comecei a tomar medicamentos que me deixavam anestesiada, parecia que eu não estava ali sendo que estava, e logo parei por conta com medo de ficar viciada naquela sensação esquisita que o remedio me proporcionava.
Procurei por ajuda novamente mas em Cristo, consegui me libertar da depressão, mas foi um longo processo dolorido, as vezes eu me pego me sentindo meio depressiva, principalmente quando planejo fazer algo e dá tudo errado.
Eu planejei tanta coisa e pelo menos até agora muita coisa nem está nem na metade do que eu queria.
Minha gravidez da Alyssa Marion não foi planejada, simplesmente aconteceu e justo após um processo de separação entre brigas e agressões físicas.
Muita gente, que sabia do que estava acontecendo, e muitas delas que eu só via se quer conversava, se achava e se acha no direito de me criticar. 
Cheguei até a ouvir que engravidei de propósito pra poder segurar o pai da minha filha comigo e esses dias atras escutei uma barbaridade: ¨se toda vez que você separar e voltar você engravidar, o mundo está ferrado". Na hora me calei, me doeu e dói até hoje, não falo mais com a pessoa e ela até percebeu pela frieza com que a trato quando ela precisa falar comigo, e tem que falar pois eu trabalho no lugar que ela tem q ir procurar correspondencia dela e da empresa onde trabalha.
Hoje quando percebo que alguém vai tocar nesse assunto de separação eu já logo ponho um ponto e a deixo no lugar dela dizendo que a vida é minha.


Não queria mais engravidar pois não queria uma criança pra presenciar tudo o que o kauã  já presenciou na vidinha dele, mas acabei engravidando por descuido e esquecimento.
quando descobri fio um misto de alegria e tristeza ao mesmo tempo alegre por estar grávida e triste porque a ferida do que o Alex havia me feito era muito recente e não havia se fechado, a dor hoje passou mas a lembrança dos momentos ficam pra sempre.


Hoje cuido mais de mim.


Confesso que tenho medo de enfrentar outra depressão pelas tristezas e raivas que antecederam e que acontecem nessa gravidez, tenho que ser forte e não deixar as coisas ruins me consumirem,eu não quero passar por aquilo de novo.
E pior que estou numa fase de problemas em cima de problemas, mas tenho fé que essa fase logo cessará.


Mulheres não se sintam acanhadas em procurar ajuda quando você perceber que algo em não está bem, se guardar e guardar sentimentos ruins faz mal a você mesma e quem está a seu redor, a vida é tão curta pra deixar o sofrimento nos consumir.
Chore, grite não tenha medo de se libertar do que te oprime, e principalmente não permita que as pessoas te machuquem ou te critiquem por pura ignorância.
A dor é passageira mas a lembrança fica pra sempre.
Há sempre uma luz no meio da escuridão, basta você querer alcançá-la.


Desculpem o desabafo...





5 comentários:

Eliene Bordados disse...

o menina!estou torcendo pra vç ser muito feliz com essa princesa que esta chegando.esqueça as coisas ruins.vç é uma pessoa iluminada,faz trabalhos lindos.estou esperando as postagens do enxoval da sua filhinha,que com certeza vai ter coisas lindas,ela é uma bençã de Deus na sua vida.
bjssssss.........
e lembre sempre JESUS TE AMA
ELIENE

Marlene Pires disse...

Oi Cíntia penso que vc não deve se preocupar com o que os outros pensam de vc. Você deve sim se preocupar com sua saúde e com sua gravidez, procurar ficar bem tranquila e passar essa tranquilidade para o Cauã e para a princesinha que vai nascer. Jesus está contigo e te protegerá de todo mau. Não temas! essa é a promessa Dele e Ele não falha com seus filhos.
Estou em oração por vc e seus filhotes.
bjos e fique com Deus,
Marlene

Pintando o 7 disse...

Cintia... triste a sua história. Tem alguns seres, que não são nem um pouco humanos, que se acha no direito de falar o que querem... como se a vida do próprio fosse perfeitinha... isso me irrita tanto, mas tanto...
Ninguém sabe o que passa na sua cabeça, no seu coração e não tem o mínimo direito de julgar!
Fique tranquila, Deus está com você!
Beijos.

Cláudia disse...

Olá Cíntia!!!
Eu sei que tua vida não é facil, mas eu sempre falei e falo pra você entregar nas mãos de Deus e orar muito...
Eu acredito que tudo que acontece em nossas vidas não é por acaso... Então se a bebê veio agora é porque Deus permitiu e talvez ela será a superação de todas as dores e sofrimentos de tua vida.
Lute todos os dias, se tiver medo, confia no Senhor que Ele está segurando as tuas mãos... confia e acredite!!!

Beijinhos
Cláudia

Solange disse...

OI FLOR Ñ DE OUVIDOS A ESSAS PESSOAS, SEJE FELIZ COM OS TEUS BEBES TENHA FÉ EM DEUS QUE ELE Ñ VAI TE DESAMPARAR.E DETALHE O SEU BLOG É LINDO. BJS.SOL